Total Pageviews


ontem vi flores, para te dar...
vi sonhos para te entregar
em forma de flores e não estavas...
quanta ingenuidade...
viestes falar de felicidade
e eu não te trouxe flores...
onde está agora a minha eloquência,
já não ha paciência, já não há flores...
e eu que me esqueci das flores...
onde quer que olhe já só vejo dores...
se eu não te entreguei essas flores,
nao chores... eu já nao tenho mais flores...
não te demores...
onde quer que estejas já não recebes mais flores...
porque são mais caras que as minhas dores...
se eu tivesse ao menos um jardim cheio de flores...
em vez de um silvado de dores...
diz-me que são amores-perfeitos...
diz-me que são hortências...
que são rosas sem espinhos...
que são ramos de rosmaninho
perdido por esses caminhos...
diz-me que são flores...
diz-me que não são dores colhidas sem destino...
de onde vêm os teus passos perdidos...
diz-me que não pisaste de propósito
essas flores que me esqueci de te trazer...
já não tenho mais as flores
que quis colher para te dar...

3 comments:

José Rios said...

Que flores são essas?
Que flores querias me dar
Mas que agora não tens...
Ou preferes não me dar...

Que flores dizes ser?
As flores dos teus sonhos
Que pretendias me oferecer
E que agora já não pensas igual...

Serão flores de amor
Ou personificação de dor?..
Que flores são?
Que flores querias colher?...

Um pequeno poema pra ti meu amor do teu fã incondicional que te adora!

um beijo!...fica bem ;)

gabi said...

oi meu amor!!!!! bigada pelo poema, eh lindoooooo!!!!!!! mas pa ti as minhas flores nao podiam ser mais belas e encantadoras... sao como orquideas selvagens (será que existem em estado selvagem?... se calhar só existem porque o nosso amor existe :)...) mais uma vez obrigada pelo comentario!!! AMO-TE MUITOOOOOOOOOOOO!!!!!!!!

ana34 said...

Esse poema.......foi dedicado a mim.......ou seja Zé as flores são para mim.......mas eu como não sou invejosa........eu dou-te metade das flores que ela tem....ok???lol
muito giro o poema..........
Adoro-t..........
<3
=)